Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Com 120 pontos acumulados na CNH por infração, novo diretor do Detran-MG é mantido no cargo

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do novo diretor do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), delegado César Augusto Monteiro Alves Júnior, foi apreendida no início de janeiro de 2018. Mesmo assim, ele foi mantido no cargo pelo governador Fernando Pimentel. O delegado cometeu 26 infrações de trânsito e acumula 120 pontos na carteira. Do total, 16 foram pagas, faltando dez para serem quitadas. O jornal “O Globo” teve acesso a dados do dirigente que permitiram verificar o prontuário no site do Detran-MG.

De acordo com a legislação mineira, um condutor que atingir 20 pontos na carteira num período de um ano terá a habilitação suspensa, norma que não havia sido aplicado ao diretor. Do total de pontos acumulados pelo delegado, 44 são referentes a infrações cometidas em 2016, 30 em 2017, 30 em 2014 e 16 em 2015.

Publicado em 8 de Janeiro de 2018