Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

Fim do Ballet Jovem do Palácio das Artes

Em menos de três meses de governo, o governador Fernando Pimentel e o secretário de Cultura, Ângelo Oswaldo, acabaram com o Ballet Jovem do Palácio das Artes. Criado em 2007 para valorizar o protagonismo juvenil no cenário cultural mineiro e brasileiro, o Ballet tinha um custo mensal de R$20 mil. Mais de 150 mil espectadores assistiram aos 123 espetáculos realizados pelo grupo. Também foram suspensas as atividades do Grupo de Choro e a Big Band do Palácio das Artes.
Não há dúvidas que há custos na manutenção dos equipamentos públicos, mas eles precisam ser tratados como prioridade dentro de uma política cultural séria, como era até o ano passado.

Publicado em 26 de maio de 2015

No Comments Yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *