Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

LDO prevê contas no vermelho até 2018

Para 2018, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) encaminhada pelo governo de Fernando Pimentel, prevê rombo de R$ 7,4 bilhões – com receita prevista de R$ 96,8 bilhões e gastos de R$ 104,3 bilhões. Isso significa que a despesa crescerá 9,41%, muito superior à projeção de inflação para o ano, de 4,3%. Para 2019, a LDO prevê deficit de R$ 7,1 bilhões; e em 2020 o rombo será de R$ 6 bilhões.

No próximo ano, o gasto com pessoal previsto na LDO passa dos atuais R$ 48,8 bilhões para R$ 53,2 bilhões, alta de 9,1%.

Publicado em 20 de junho de 2017